5/5 - (14 votes)
5/5 - (14 votes)

Importância do Tomate no Pós-Operatório

Todo paciente que passou por uma cirurgia plástica recentemente sabe que ao sair da sala de cirurgia e não dá para voltar imediatamente à rotina normal. O período pós-operatório é muito importante para que os resultados desejados da cirurgia plástica sejam realmente atingidos e isso é muito mais fácil quando o paciente segue todas as recomendações do cirurgião, cumprindo o período de repouso e principalmente, se alimentando corretamente e nesse momento é que a importância do tomate surge.

O tomate é uma recomendação unanime entre os cirurgiões plásticos, devido ao fato de ser um fruto com propriedades excelentes para a saúde de qualquer individuo, com ênfase em especial para aqueles que estejam no período pós-operatório de uma cirurgia plástica.

No Blog do Dr. Cláudio Lemos, você verá qual é a importância do tomate para a recuperação e como ele pode ser determinante para que você alcance os resultados esperados com a sua cirurgia plástica.

Importância do Tomate e Seus Benefícios no Pós-Operatório

Fonte Abundante de Antioxidantes

O tomate é um fruto que contém uma grande quantidade de licopeno, antioxidante que é altamente eficiente no combate a radicais livres causadores de câncer e do envelhecimento. Como o corpo demora certo tempo até que o metabolismo retorne ao normal após um procedimento invasivo como a cirurgia plástica, nada melhor do que ter uma boa fonte de antioxidantes para evitar a ocorrência de eventuais complicações.

Rico em Vitaminas e Minerais

Um único tomate é capaz de providenciar aproximadamente 40% da vitamina C recomendada para um dia, o que por si só já faz com que comer a fruta no pós-operatório seja quase uma obrigação. A vitamina C é muito importante nesse período, pois ajuda a reduzir o estresse oxidativo do organismo.

Outras vitaminas e minerais encontrados no tomate e que também são benéficos para a recuperação de uma cirurgia plástica são os seguintes:

  • Vitamina A: aumenta a imunidade do organismo;
  • Vitamina B1 (tiamina): ajuda a metabolizar a glicose e garante o bom funcionamento do coração e dos outros músculos;
  • Vitamina B6 (piridoxina): ajuda na respiração das células, melhora a metabolização das proteínas e diminui a retenção de líquidos;
  • Vitamina B9 (ácido fólico): torna o sistema imunológico mais forte;
  • Vitamina K: auxilia na coagulação sanguínea;
  • Potássio: diminui a pressão arterial, protege contra a perda de massa muscular e controla a atividade elétrica do coração e dos demais músculos.
  • Rico em Fibras

    A vontade de fazer uma cirurgia plástica seja em mulheres ou homens, geralmente surge do interesse da paciente em emagrecer e ter um corpo mais bonito, o tomate se mostra um ótimo aliado por conter uma boa concentração de fibras, que proporcionam uma sensação de saciedade. Logo, o tomate é recomendado para promover a sensação de saciedade sem que o paciente precise comer em demasia, além de conter baixos níveis de calorias, com aproximadamente 32 kcal em cada porção.

    Depois de adotar uma alimentação saudável e a prática de exercícios, as gorduras localizadas em locais mais difíceis podem ser removidas através de uma lipoaspiração, enquanto uma barriga chapada pode ser mais bem definida com uma abdominoplastia.

    Mantém a Pele Saudável

    É essencial que se tome muito cuidado com a pele depois de uma cirurgia plástica, já que todas elas deixam cicatrizes, por menores que sejam. Por se tratar de um fruto rico em vitamina A, a importância do tomate é muito grande para que a pele fique saudável e hidratada, o que também ajuda a contribuir para que a cicatriz amadureça com qualidade e proporcione um bom resultado.

    A título de curiosidade, devido ao grande número de antioxidantes que combatem os radicais livres o tomate é um dos produtos mais utilizados na indústria de cosméticos em produtos anti-idade.

    Melhora o Funcionamento do Sistema Digestivo

    Manter uma alimentação saudável e balanceada é muito importante para garantir a qualidade dos resultados da cirurgia plástica. Porém, problemas digestivos podem fazer com que você não tenha vontade de se alimentar direito, o que pode ser bastante prejudicial.

    Visto que o tomate é rico em fibras, o funcionamento do sistema digestivo tende a melhorar consideravelmente, evitando constipações e diarreias e removendo as toxinas presentes no corpo.

    Como Consumir o Tomate no Pós-Operatório?

    No mercado é possível ainda encontrar uma grande variedade de tomates, seja para serem usados como molhos, em saladas ou consumidos in natura, os tipos mais comuns no Brasil são:

    • Tomate caqui;
    • Tomate Carmem;
    • Tomate holandês;
    • Tomate Débora;
    • Tomate Italiano;
    • Tomate cereja;
    • Tomate Sweet Grapes, entre outros.

    A maneira que ressalta ainda mais as qualidades saudáveis do tomate no período pós-operatório é quando ele é consumido ao natural. Como é um fruto muito versátil, pode ser também ingerido na forma de saladas, molhos ou sucos, de acordo com a preferência de cada um. Embora os derivados do tomate, como molhos industrializados e ketchup, possuam algumas de suas propriedades, é sempre melhor comprar o tomate e fazer as receitas em casa, pois isso evitará o consumo excessivo de gorduras, sódio e outras substâncias prejudiciais que podem ser encontradas em alimentos industrializados.

    Continue acompanhando as dicas do Dr. Cláudio Lemos sobre as melhores práticas no período pré e pós-operatório.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário

Entre em Contato
Notícia em destaque Fechar Janela

Gshow

Aos 51 anos, Mônica Carvalho faz novo procedimento estético para desfilar como musa da Grande Rio.

Mônica Carvalho faz novo procedimento estético Ver matéria