Prótese de Silicone Definitiva: Mitos e Verdades Sobre o Assunto

5/5 - (5 votes)
5/5 - (5 votes)

Prótese de Silicone Definitiva: Mitos e Verdades Sobre o Assunto

É bem provável que você já tenha visto ou ouvido, pelo relato de amigas, nas redes sociais ou em sites, que existe um tipo de prótese de silicone definitiva, com durabilidade ilimitada e que jamais precisa ser substituída, independentemente do que ocorra com a paciente. Isso motiva muitas mulheres a procurarem por esse tipo de prótese, podendo até mesmo passar por consultas com diversos profissionais até que encontrem alguém que possa confirmar essa informação. Se você é uma dessas pessoas, já pode parar de procurar pela prótese de silicone sem prazo de validade, pois você não conseguirá encontrar.

Infelizmente, são muitas as mulheres que acreditam nesse boato e passam um longo tempo procurando pela prótese de silicone definitiva. O objetivo desse artigo é fazer com que todas as suas dúvidas sejam esclarecidas e que você saiba pelo que deve procurar para obter os melhores resultados possíveis através de uma cirurgia de prótese de silicone.

Desmistificando a Prótese de Silicone Definitiva

A Prótese de Silicone Sofre Desgaste Com o Tempo – Verdade

O desgaste das próteses de silicone é uma reação normal do organismo e não pode ser evitada. Esse desgaste se deve ao atrito que as próteses sofrem com o passar do tempo, o que faz com que elas percam sua resistência gradativamente. Isso, por si só, já deixa claro que a prótese de silicone definitiva não passa de uma utopia.

É Preciso Fazer Exames de Rotina – Verdade

Exatamente por causa do desgaste das próteses, é preciso que a mulher faça exames periodicamente para verificar sua integridade e resistência, de modo a garantir que elas possam ser substituídas assim que necessário. O exame mais recomendado entre todos os que podem ser feitos para verificar a condição da prótese de silicone é a ressonância magnética.

Outro exame que também pode ser realizado para a mesma finalidade é a ultrassonografia, mas essa opção deve ser escolhida apenas se o médico responsável pelo exame radiológico tiver especialização em exames nas mamas, pois assim ele terá condições de fazer uma análise precisa e detalhada da prótese.

Quanto à periodicidade desse exame, ele pode ser feito junto aos exames anuais de rotina da paciente, pelo menos nos primeiros 10 anos da colocação da prótese. Passado esse período, como as chances de desgaste são maiores, o exame pode ser feito duas vezes por ano.

Existe Apenas Um Tipo de Prótese de Silicone – Mito

Muita gente pensa que as diferenças entre as próteses são apenas em seu volume, mas isso está errado! Além do volume, as próteses também variam em relação ao seu tipo e perfil. Os tipos de próteses utilizados pelo Dr.Cláudio Lemos são os seguintes:

  • Maximum;
  • Nuance;
  • Advance;
  • Enhance;
  • Natural.

Todos esses tipos estão disponíveis em projeção baixa, moderada, alta e extra alta.

A Prótese Só Pode Ser Trocada em Casos Emergenciais – Mito

Suponhamos que uma mulher tenha colocado uma prótese de silicone quando tinha 30 anos. Pode ser que quando ela chegue aos 45 anos, mesmo que não tenha havido nenhum dano, ela queira trocar essa prótese por outra, que melhor se adeque às suas expectativas e interesses atuais.

Nesses casos, é possível passar pela revisão de implantes mamários, onde o cirurgião plástico verificará a necessidade ou não de substituir as próteses. Essa revisão também pode ser feita caso a prótese esteja danificada ou se a mulher tiver passado por um procedimento que não lhe ofereceu os resultados esperados.

A Prótese Que Ficou Boa em Outra Pessoa Também Ficará em Mim – Depende

Esse não é um mito e nem uma verdade. Pode ser que uma prótese igual à que foi utilizada em uma amiga, parente ou outra pessoa faça com que você fique com os seios que deseja, mas essa não é uma regra, já que cada uma possui um biótipo diferente.

Por isso, quando for se submeter a uma consulta com o cirurgião plástico, ele fará uma avaliação de seu corpo e recomendará qual é o melhor tipo de prótese de silicone a ser aplicada, que pode ser diferente do que a que foi idealizada inicialmente. Caso você queira saber se a prótese utilizada pela outra pessoa ficará bem em você, levante todas as informações com ela (marca, tipo, projeção e volume) e passe-as para o cirurgião plástico. Independentemente de qual seja o tipo escolhido, o importante é que o resultado seja harmonioso e fique com um aspecto natural.

Conclusão Sobre a Definitividade da Prótese de Silicone

Depois de todos esses esclarecimentos, fica claro que não existe prótese de silicone definitiva. Todas elas se deterioram com o tempo, o que em algumas pacientes ocorre mais rapidamente e em outras leva mais tempo, de acordo com uma série de fatores. Por isso, não se deixe enganar se alguém lhe disser que existe uma prótese de silicone permanente, principalmente se essa informação vier de um cirurgião plástico, que pode querer se aproveitar da situação para ludibriar as pacientes. Para evitar que isso aconteça, sempre escolha um cirurgião que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, como o Dr. Cláudio Lemos, que sempre terá o intuito de fazer com que as pacientes possam ter os seios que sempre sonharam.

Postagens Relacionadas

Entre em Contato
Notícia em destaque Fechar Janela

Gshow

Aos 51 anos, Mônica Carvalho faz novo procedimento estético para desfilar como musa da Grande Rio.

Mônica Carvalho faz novo procedimento estético Ver matéria