Como Funciona o Botox Terapêutico?

5/5 - (3 votes)
5/5 - (3 votes)

Como Funciona o Botox Terapêutico?

O uso da toxina botulínica popularmente conhecida como botox, já é bastante difundido em procedimentos estéticos. A substância tem ação direta sobre os músculos faciais, causando um efeito paralisante que impede a contração dos mesmos, atuando principalmente no disfarce de rugas e marcas de expressão causadas pela idade. O que muita gente não sabe é que a toxina botulínica também pode ser usada para fins terapêuticos. Mas como?

Pesquisas associando o uso da toxina botulínica para fins terapêuticos vêm sendo apresentadas nos Estados Unidos desde a década de 1960, tendo sido difundida na década de 80 pela Botox, empresa que acabou tendo seu nome eternamente associado à toxina. No Brasil, o SUS fornece tratamentos terapêuticos com toxina botulínica há mais de dez anos, embora o mercado já usasse a substância para esses fins desde a década de 90. O botox terapêutico vem sendo muito útil em tratamentos em áreas como neurologia, urologia e fisiatria.

Como Funciona o Botox Terapêutico?

A ação da toxina botulínica se dá entre o músculo e terminação nervosa. Após a aplicação, o nervo passa a mandar menos informação para o músculo fazendo com que ele relaxe. Graças a esse efeito, a toxina é muito útil para o tratamento de pessoas que sofrem com algum tipo de rigidez muscular, também chamadas de espasticidades, daí o nome botox terapêutico.

Os motivos que causam espasticidades são variados: acidente vascular cerebral (AVC), problemas no nascimento, traumatismo craniano ou na região da medula, cefaleia, dentre outros.

Principais Casos Clínicos em Que o Botox Pode Ajudar

São muitas as possibilidades de uso do botox terapêutico.

A toxina botulínica vem sendo bastante útil para melhorar a vida de crianças que tem paralisia cerebral,o que em muitos casos pode reduzir a necessidade de cirurgias. Quanto mais jovem é o paciente, mais útil o tratamento poderá ser para a melhoria de sua qualidade de vida.

O botox também é bastante usado para o tratamentos da cefaleia (enxaqueca crônica).Isso é possível porque a aplicação da substância é capaz de impedir que as terminações nervosas que causam dor cheguem ao músculo. O uso nesses casos é contínuo e pode reduzir drasticamnete a necessidade de analgesicos fortes.

Muita gente não faz ideia, mas a toxina botulínica pode ser muito útil em tratamentos urológicos. Pessoas que sofrem da chamada bexiga hiperativa (necessidade insuportável de fazer xixi) ou que precisam urinar o tempo inteiro podem ter bons resultados após a aplicação da substância diretamente no músculo da bexiga através de uma endoscopia.

É Botox e Não é Botox

Conforme explicado anteriormente, a toxina botulínica passou a ser conhecida mundialmente como botox graças a popularidade da empresa de mesmo nome que comercializava a substância. No entanto, hoje em dia existem dezenas de fabricantes e fórmulas que utilizam a toxina em questão. Por se tratar de um medicamento que tem componentes biológicos (sim, a substância é produzida por uma bactéria), a toxina tem características específicas e diferentes indicações, efeitos e dosagens. Apenas médicos podem prescrever tratamentos à base de aplicação de toxina botulínica e a mesma geralmente só é prescrita se a medicação oral existente não estiver surtindo efeitos esperados.

Botox Para Procedimentos Estéticos

O médico cirurgião plástico Dr. Cláudio Lemos Lemos possui diversas especializações em procedimento estéticos com aplicação de toxina botulínica para combater sinais do envelhecimento e realçando a beleza do corpo do homem e da mulher.

Postagens Relacionadas

Entre em Contato
Notícia em destaque Fechar Janela

Gshow

Aos 51 anos, Mônica Carvalho faz novo procedimento estético para desfilar como musa da Grande Rio.

Mônica Carvalho faz novo procedimento estético Ver matéria